terça-feira, janeiro 02, 2007

Vendidas

De forma breve e sentida quero deixar um pequeno comentário ao livro que acabei de ler “Vendidas”.
Vendidas é um livro que infelizmente fala duma triste realidade que acontece em alguns países e algumas culturas, a venda de mulheres. No livro em questão, a história são duas irmãs Zana (de 15 anos) e Nadia (de 14anos), nascidas e criadas em Inglaterra.
Certo dia é-lhes proposto a oportunidade de conhecerem a terra do pai, o Iémen. A euforia e vontade em conhecer um lugar novo conduziu essas duas adolescentes aquilo a que podemos chamar da maior tragédia das suas vidas!
Estas duas jovens foram vendidas pelo pai, casadas à força, retidas no Iémen contra a sua vontade. Para sobreviverem tiveram de se integrar numa sociedade retrógrada e de se tornarem escravas da sua segunda cultura.
Brutalmente separadas da família e sem possibilidades de contacto com o seu meio envolvente essas duas adolescentes tiveram de tentar sobreviver. Zana foi talvez a que mais força teve e que nunca se conformou com aquilo que lhe tinham obrigado a viver, então lutou e após 8anos conseguiu. Fugiu, tendo de deixar para trás sua irmã e seu filho.
É então Zana que nos conta sua historia de luta e de sofrimento, estando ainda hoje prisioneiro no Iémen sua irmã, a filha de sua irmã e o seu filho.
Vendidas é um documento importante sobre umas das práticas mais aberrantes, (desculpem o termo) do mundo contemporâneo. Uma prática oculta por detrás da fachada dum pais que se diz civilizado!
Susana Coelho

1 comentário:

patricia disse...

ACHO PELAS TUAS PALAVRAS AQUI MENCIONADAS, QUE ESTE LIVRO TE MARCOU VERDADEIRAMENTE.....DEVE SER MUITO INTERESSANTE....AINDA NAO LI, MAS TENCIONO LER......